[email protected]

Gagueira e consciência motora oral

Trabalhar a consciência motora oral é importante para o tratamento da gagueira, em especial com adolescentes e adultos. Por meio dela o falante pode desenvolver uma maneira favorável de lidar com a tensão articulatória que lhe aparece quando antevê que irá gaguejar.

Esse trabalho envolve:
1. Desenvolver a consciência fonoarticulatória, de modo a sentir e entender a mecânica de cada gesto da fala, bem como a efetiva competência para realizar cada um.
2. Desenvolver a capacidade de permanecer nessa consciência, quando surgir o sentimento de incapacidade para falar. Isto implica uma mudança na subjetividade: ao invés de relacionar-se mentalmente com uma falsa impressão de incapacidade, o falante passaria a relacionar-se com uma sensação motora específica. Esta vivência consciente abre caminho para um retorno paulatino à mecânica automática e inconsciente do falar.

É uma técnica que requer uma abordagem prévia, sustentada no entendimento e aceitação da gagueira como mais uma forma de falar, e a interação com um terapeuta especializado nos Problemas de Fluência de Fala, apto a acolher, entender e desarmar a trama de sintomas que se construíram ao longo da vida, bem como a ajudar a desenvolver um modo espontâneo de falar em qualquer situação social.